quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Um blog

- Você já tem blog?
- Se eu já tenho o quê?
- Um blog! Sabe o que é um blog não?
- Não... deveria saber?
- Deveria. Você deveria ser mais antenada!
- Tá, vamos lá então, me explique o que é um blog!
- Ai... Tá: um blog é como um diário virtual.
- Diário virtual? Que merda, hein?
- Não, mas não precisa ser como um diário. Você pode usar toda sua criatividade e bolar qualquer coisa para o seu blog.
- E como faz pra fazer um?
- Primeiro você tem que pensar num nome.
- Aí fudeu. Eu não tenho criatividade nem pra bolar um título bacana, que dirá um diário virtual bacana.
- Cê num tá entendendo! Não precisa ser criativa, basta que você crie o seu diário! Você coloca as coisas do seu dia a dia e, com fé, seu blog vai crescendo!
- Mas e que eu ganho com isso?
- Ai, nada! Vai, vou te ajudar!
- Acho que essa aula de Cobol é importante! Melhor a gente prestar atenção.
- Que nada! Nada que dois cigarros e um café não te façam compreender! Entra aí no Blig.
- Tá... e agora?
- Agora escreve, né!
- Sobre...?
- Ué... sobre nada em específico! Você pode falar sobre suas coisas inúteis, com alguma pitada de humor, ou uma super dosagem de reflexão, talvez um pouco de ilusão... afinal, a gente sabe que a vida é uma série de tv mesmo!
- Não faço a menor idéia do que falo!
- Mas eu fui macumbada mesmo! Fala sobre qualquer coisa, faz aí uma sinestesia de assuntos!
- Eu sei que eu escrevo bastante, mas... eu não posso ser limitada! Por mais que eu adore ler e escrever, eu preciso fazer isso com liberdade!
- E o seu blog é livre! Você não precisa se limitar, pode escrever sobre tudo, sobre as coisas inúteis e úteis, sobre... tudo!
- Se eu quiser fazer poesia, pode?
- Claro, o blog é seu!
- Se eu quiser escrever sobre poesia e matemática, pode?
- Por mais estranho que isso possa me parecer, sim, você pode!
- Posso falar sobre beber, fumar, cheirar, dar?
- Cê quiser pode até falar sobre beber fumaça! Não tem crise nenhuma, desde que você FALE SOBRE ALGUMA COISA! Nem que seja essa sua vida miserável e infeliz!
- Que puxa. Você sempre foi assim, meio louca por blog?
- Ai meus sais... sério, não explico mais nada pra você! Eu, hein...
- Não precisa ficar brava comigo, sou meio burrinha, mas cê sabe que eu te amo, porra!
- Tá. Vai fazer o blog ou não vai?
- Eu vou fazer amigos nessa merda?
- Já disse que não é esse o objetivo. É um diário. Virtual. Só!
- Tá... vou fazer! Essa aulinha de Cobol nem tá interessante mesmo. That's so last week...
- Ufa, cansei de explicar! Mas pelo menos não foi uma explicação inútil. Você entendeu, né?
- Sim, sim! É tipo um diário. Só que na internet. E ninguém vai poder ler, porque eu não vim fazer amigos!
- ...

Com devidas adaptações... foi mais ou menos assim que meu primeiro blog nasceu! E sim, eu fiz diarinho virtual. Sim, eu escrevi cartas de amor. Sim, eu fiz coisas bem idiotas. Mas o mais importante pra mim: eu consegui fazer amigos.

E é pra eles que eu agradeço, hoje, por estar completando seis anos de blogagem, por ter descoberto [ou assumido] minha verdadeira paixão, pelos incentivos a sempre escrever mais e melhor, e... pela paciência. Se eu esqueci algum link, me perdoa? Não foi por mal! Eu ainda acho que ficou uma bostinha, mas foi a bostinha mais carinhosa que eu já fiz na vida!

[pausa para imaginar alguém cagando com carinho]

Obrigada ao meu blogue, porque foi através dele que eu vim a descobrir que o Jornalismo tinha muito mais a ver comigo do que essas malditas aulinhas de Cobol. E obrigada especial pra , que foi quem, com muita paciência, me ensinou a entrar nesse submundo virtual dos blogueiros.

É isso. Beijos pra nós!

11 comentários:

Andarilho disse...

Primeiro link, primeiro comentário...

Márci disse...

Putza vida ! Sabe que me veio na mente a cena certinha, nós no laboratório do Mackenzie, tendo aula de Cobol com o Takato (Yes, eu lembro o nome dele), ele lá na lousa..."Procedure Division blá blá blá"...e a gente entrando no blig.

Olha isso foi parar !!

Óbveo que tenho MEGA orgulho de ter (de uma forma ou outra) te inserido no mundlo bloguistico. E neste mundo você cresceu muito...de verdade, se o fato de vc passar a ter um blog influênciou ou não para você saber o que vc quer da vida eu não sei...Acredito que é talento nato que você te, e se não fosse pelos blogs, outra coisa com certeza faria despertar seu dom.

Parabéns pelos 6 anos !!

E o post não ficou nada de merda...ficou ÓTIMO !! VOCÊ é ÓTIMA !

Chico Mouse disse...

Que lindooo!! Chuif... tô emocionado... :P

A gente te enche o saco, a gente te pede posts novos, a gente até te faz inveja com UMA GARRAFA DE ABSOLUT!! Mas é pq a gente te adora, boboca! Parabéns pelo niver de blog e pelos 25 years old!! o/

rafael fermiano disse...

Nesses momento surge um cara que não presta pra comentar...só para completar o texto...

"Mas o mais importante pra mim: eu consegui fazer amigos."...e conseguiu mesmo. As vezes, mesmo sem nenhuma conversa decente, do tipo "oi tudo bem!? de onde é? oq faz?" a gente conhece e faz um amigo. Talvez por não precisarmos dizer nada além do que escrevemos para que ele nos entenda.

Tô me sentindo em déficit com alguns amigos. Mas tá la na listinha de começo de ano de brasileiro (pos-carnaval): vou visitar meus amigos...e ter uma conversa decente com eles. Ah...e de volta com Um Cara que Nao Presta, que ainda tá com 24 mas é o mesmo dos 10, 15 anos.

Espero pegar o ritmo em breve...tá...na verdade só estou pensando nas cervejadas dos fim de semana...sim..sim..é isso!! rs

Eu entro aqui e minhas ideias fluem...acho que o nome me inspira..

abraçossss!!!

Cafeína disse...

ahhhhhhhhhhhh vai, ficou fofo pacas rs...

Piero M. disse...

Sem duvida mocinha, zuperbacana!

koster disse...

Ah que amor de pessoa...
Eu gostei, uma vez uma professora pediu para escrever um texto assim, com nome de programas... foi legal. [e o kime? neh.... ki interessa vocês isso? bem deixa quieto]

Eu fiquei bastante confudido no começo. XD

Claudia Lyra disse...

Aninhaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!!!!!!!! Parabéns pelos seis anos de blog! O texto ficou ótimo e, olha só, eu tô linkada também!!! Te amo, guria!

Ana P. disse...

Andarilho: não sei se foi proposital, mas... vá! foi o primeiro blogue que me veio à cabeça! Vc sabe que eu sou fã, e pronto, num vou ficar jogando confete!

Má: histórias e histórias, olha onde isso tudo foi parar! Hahahahahahahaha! Amiga que está presente nos momentos mais importantes, sejam eles virtuais ou não. You're my person, know that.

Chico: Ah, beibe, obrigada! Eu assim, fico ausente, loka pra comentar no blogue de todo mundo, mas o tempo, esse mano véio, às vezes me passa a perna! E Absolut Viva!

Rafa: Pensando em cervejadas nos fins de semana... pior que eu tb, menino! Se rolar rolou [e bebo até me acabar!]. E os amigos estão lá, para nos carregar!

Cafê: fofo... tá, ficou fofo! hahahahahahahahaha! Mas podia ter sido melhor, eu podia pagar pras pessoas me elogiarem, AHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUA!

Piero: Sumido você, mas eu te entendo, então vá, e enquanto eu me acabo de beber no carnaval, você se acabe de... de... xá pra lá!

Koster: nomes de programas eu não conseguiria, pq perceba, não assisto mta tevê! E sim, eu percebi que me esqueci do Confudido. Mas além de eu achar que ele não liga, ele... deixa pra lá!

Clau: Seis anos nessa terra de ninguém, só agora querendo me profissionalizar na coisa. Tanto jornalista com blogue, pq eu não começo por aqui, faço o caminho inverso, para ir parar nos jornais???

Amo, todos, e a cerveja tb!

neutron disse...

Eu acho tão legal essa história de como você começou o blog. Laboratório da facul, aula de Cobol [coisa pela qual eu nunca precisei passar, ainda bem!] e a Má te ensinando a usar o blig, ferramente realmente muito complexa. Hahahahaha.

Parabéns, Aninha, parabéns. Sempre :)

Pamela disse...

Incentivo pra voltar a postar no meu!

Haha, adorei!!!!