terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

25

E acho que pela primeira vez na minha vida, não sei o que escrever para mim mesma. Sempre que chega essa data, eu penso na minha vida, e no que eu já vivi, gostaria de ter vivido e ainda tenho esperanças de viver, nas coisas que eu ainda preciso realizar. No sucesso que eu ainda não tive, nas alegrias que eu ainda não sorri. Penso em coisas que ainda não aconteceram, só que, antes disso tudo, eu penso nas coisas que eu já vivi.

Essas, muitas delas, eu penso com saudades. Mas sem arrependimentos, apenas aquela saudade gostosa, de saber ter feito bem, ter construído bem. De qualquer forma, no meu aniversário eu penso muito em tudo isso. E, chegando aos 25, não faço a menor idéia do que pensar, do que falar.

O último ano foi de descobertas, sobre mim mesma e sobre os outros. O último ano foi de despertar de paixões. Foi o lento despertar de um coração que se supunha falecido. Morto, jazendo dentro de mim sem bater forte por nada nem por ninguém. O último ano foi de grandes desesperos, de angústias, de noites mal dormidas, mas que começam a se mostrar recompensadas. O último ano foi de estresse, mas... não foi de todo ruim. Eu redescobri meus amigos, o amor que eu sinto por eles só fez crescer mais e mais, e eu fui grossa com eles, é fato, mas eles me perdoaram, porque eles sabem que eu erro, e muito, mas que nunca é por mal, por querer errar. É simplesmente por ainda não saber como acertar.

Chego aos 25 anos de idade sem um pingo de maturidade, sem me sentir adulta de verdade. As coisas que fazem com que os adultos vibrem e se emocionem simplesmente não me apetecem. Meu rosto, eu só o vejo diferente quando olho em fotos muito antigas, mas não por ter envelhecido, ele apenas engordou. Meus olhos, continuam os mesmíssimos de dez, quinze anos atrás. Meu cabelo mudou. Mas... eu?

Não vejo as mudanças. As pessoas que convivem comigo talvez vejam, mas eu mesma, continuo... sendo quem eu ainda não sei quem sou.

Mas continuo sendo. E continuarei. Por mais vinte e cinco. Ou mais, se tudo der certo.

[os mais atentos devem ter percebido as pequenas grandes mudanças no blogue. Presente do meu amigo Neutron para o nosso aniversário. Meu e do blogue!]

8 comentários:

Andarilho disse...

Parabéns.

Márci disse...

Amiga....São quase 7 anos de conhecimento da sua pessoa...E no meu ponto de vista você mudou sim (tá, não só fisicamente), mas vc cresceu, vc amadureceu bastante sim, vc aprendeu a ter sua opinião e a falar sobre ela, óbveo que vc, nós temos muito o que aprender ainda, muito o que amadurecer...Mas já sinta se satisfeita por pelo menos já ter encontrado seu caminho.

Chico Mouse disse...

Parabéns, querida! Tudo de bão pra ti... tu sabe que eu sou teu fã e do blog. E vou fazer 25 esse anos tb, então... bléh!

Beijão e vê se toma uns gorós por mim! o/

Maha disse...

Parabéns!!!

Muitos anos de vida e sucesso na vida!

Vou te contar um segredo guardado a sete chaves. Ninguém sabe o que realmente quer ser e o quanto a vida nos molda, as pessoas mais interessantes que conheço não sabem o que querem ser na vida aos 40 anos. Mas só o fato de você ter conseguido fazer uma auto análise já é uma vitória e mostra a sua maturidade e senso crítico.

Por isso vá festejar seus 25 anos e tome uma breja por mim.

Parabéns pelo novo visual d blog, ficou show!

bjs e se cuide

Fefa Liguori disse...

As mudanças sempre acontecem, Ana. A gente passa por coisas na vida, boas ou ruins, que nos fazem mudar naturalmente. Com certeza você mudou, cresceu, amadureceu. Que venham os próximos 25 anos!!!
E que layout novo bonito!!!! Adorei!

Parabéns à você e ao Coletivo!

beijão!

Ana P. disse...

Andarilho: obrigada!

Má: eu sei. Tem algumas coisas diferentes, física e psicologicamente. É só que tem horas que eu fecho os olhos pra essas mudanças!

Chico: chegar aos vinte e cinco e nada, nadica mudou. A diferença é de um dia. Blé! Sou tua fã tb! E Vanilla... é Vanilla, hahahahahahaha!

Maha: é, quando eu acho que descobri o que quero, descubro que na verdade eu quero é mais! uHUuuuu! Brigadão!

Fefa: éééé, meu lay novo é mto bunito! E... e... brigadu!

Pessoas: acho que finalmente... AMADUCRESCI!

koster disse...

nossa... eu num te dei parabéns eh?

Parabens atrasado, desculpas...

neutron disse...

Eu me sinto péssimo por não ter ido a nenhuma das duas comemorações. Que tipo de amigo eu sou? Nhé. Nem mil templates arrumam isso "/