domingo, 15 de março de 2009

Cultura. Útil!

Acho que já falei a respeito do Noitão do HSBC Belas Artes por aqui. Ou não. Estarei falando agora. E não, isso não é um post patrocinado.

Ouvi falar do Noitão pela primeira vez há muito tempo, em um post no blog Fiapo de Jaca. A ideia me fugiu durante muito tempo da cabeça, até que a galera do Oficina de Improvisos, em janeiro, me convidou para ir em uma sessão. Aconteceu que em janeiro eu fiquei realmente frustrada com a parada das minhas férias, me deprimi naquela semana e acabei não indo.

Mas em fevereiro agora resolvi ir. Foi uma sexta-feira 13, eu teria aula, então iria chegar lá meio em cima da hora. Eu acreditei que, pela proposta do Noitão, não teriam muitas pessoas, a gente compraria os ingressos sussa e iria assistir nossos filmes madrugada adentro. Ledo engano: ficamos sem o ingresso, e sem Noitão. Pena.

A Proposta

O Noitão acontece todos os meses, sempre na segunda sexta-feira do mês, nas salas do HSBC Belas Artes, na Consolação (SP). São três filmes, sendo um inédito, um filme do circuito e uma surpresa, que pode ser inédita ou não. Todo mês tem um tema, sendo que os três filmes seguem mais ou menos o mesmo tema, não precisando ser todos, necessariamente, uma comédia ou drama ou romance. As sessões começam à meia-noite e vão até por volta de seis horas da manhã do sábado. No final das três sessões é servido um café da manhã, muito do gostoso por sinal [pra quem passou a madrugada inteira sem comer].

O tema desse mês era "Armadilhas do Destino", e todos os filmes tinham em sua história algo de espetacular que aconteceu na vida do personagem principal, e como as pessoas foram afetadas por esses truquezinhos do destino. Os filmes que eu assisti foram "Não se Mova", que era o filme surpresa da noite; "Mifune", a segunda surpresa da noite; e "Pagando Bem, que Mal tem?", que era o filme do circuito. Ainda teve também a sessão do inédito "Gran Torino", de Clint Eastwood [e que certeza eu vou assistir quando estrear], mas que eu não consegui entrar na sessão.

Pera lá, Ana P., cê tá maluca ou desaprendeu a contar? Você falou que eram três filmes! Sim, pessoas, eu falei. Porque desde o mês passado [até onde eu saiba] eles disponibilizaram quatro filmes para escolha, mas você só pode assistir três sessões.

Os filmes

Bom... posso dizer que os filmes desse mês me surpreenderam, porque eu achei que eu não ia gostar muito dos filmes cults [Mifune e Não se Mova] e que iria gostar do crássico hollyoodiano de sempre [Pagando Bem, que Mal Tem?]. Mas foi exatamente o contrário. Cabe colocar que na sessão do Mifune, eu dei várias cochiladas, não só porque o filme era meio... ahn... parado demais em algumas cenas, mas porque realmente chega uma hora que o sono é mais forte do que eu.

O primeiro, "Não se Mova", conta com a excelente atuação de Penelope Cruz. O filme fala sobre um homem que revê as idas e vindas de sua vida, ao ter que lidar com o acidente de moto que coloca em risco a vida de sua única filha, Angela. Dentre essas idas e vindas, o caso dele com a "camareira" Italia, a aparente aceitação da mulher, e a escolha que o homem terá que fazer no momento em que a esposa fica grávida.

O segundo filme, "Mifune", também não é nada recente, pelo contrário: foi filmado em 1999, mas naquela época eu não era cult [nem hoje], portanto, nunca nem ouvi falar. Chegamos na sala e o filme já tinha começado. Sentamos na primeira fileira, o que já não facilitou muito pro meu sono [aquela tela gigante na minha frente, me deu MUITO mais sono, mesmo]. E o fato de eu ter achado que a história seria algo parecido com Rain Man também meio que me desanimou! Mas nas partes que eu fiquei acordada, o filme foi muito legal! Fala sobre dois irmãos que moram no interior do interior num sei exatamente de qual país [como disse, chegamos a sessão já havia começado], um deles com problemas mentais [de verdade]. Com a morte do pai desses irmãos, o irmão mais velho resolve contratar uma empregada para cuidar da casa e também de Rud [o irmão doente]. Mas a empregada contratada, na verdade, é garota de programa, e o destino de todos, inclusive o dela, muda radicalmente quando todos se encontram.

O terceiro filme, "Pagando Bem, que Mal Tem?", foi o mais comédia da noite. Foi bom, porque aí eu acordei de vez. Mas foi ruim, pelo final hollyoodiano dado à história. O filme conta a história de um casal de amigos, que moram juntos e se conhecem desde forever. Eles se encontram numa pindaíba financeira bem pior do que a minha, o que os levam a apelar pra única solução visível para eles: produzir um filme pornô, em que eles serão as estrelas. Mas é claro, quando dois "amigos forever" resolvem transar na frente das câmeras, nunca se sabe o que pode acontecer.

Fikadika

Se você mora em SP, capital, se interessa por filmes cults, e não sente tanto sono quanto eu de madrugada... e, principalmente, não tem NADA melhor pra fazer numa madrugada de sexta-feira, o Noitão é uma ótima opção para reunir os amiguinhos cults, para que todos dêem uma força, e ninguém durma!

8 comentários:

Piero M. disse...

Eu perdi porque dormi demais na sexta... acordei e já era uma da manhã... me ferrei! Mas mês que vem eu vou! Oh yeah!

Andarilho disse...

Por motivos geográficos, eu passo. Fora que eu dormiria...

Pamela disse...

Então minha cara, 'era pra ser'. Era pra eu ter ido não fosse a tragédia dos ursinhos de pelúcia na minha casa.

Mas é isso aí. ficadika e fica pra próxima.

Márci disse...

Bom...é uma ótima dica para pessoas cultas e inteligetes...o que não vem a ser o meu caso...rsrs...Mas séro, eu te admiro e a todas as pessoas que conseguem ir e ficar acordadas.

Minha cama é um programa bem mais divertido.

Mas quem sabe um dia ...né.

Vans disse...

Hahahaha!

concordo com a Má!

Mas peraí, fiquei com dúvida. Você disse no começo que não tinha conseguido ingresso, e depois disse que conseguiu assistir? li errado??

Mês que vem tentarei ir, I swear!

Ana P. disse...

Piero: perdeu mesmo!!! Cara, eu adorei, apesar do sono cavalar que me abateu durante o filme que eu mais curti! Mas mês que vem tô lá, de novo, again and again!

Andarilho: quando você quiser vir passar férias em Sampa [o que duvido], tente coincidir com a segunda sexta feira do mês. Garanto pra vc que vc não dorme. Eu durmo, mas vc não, HUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUA! Você NUNCA dorme!

Pam: Eu tô sabendo da tragédia [vi no comment abaixo]; eu nem sei o q te dizer, eu estaria deprê ainda hoje. Se eu não tivesse bebido, HAHAHAHHAAHAHAHAHHAA!

Má: você é culta e inteligente! Quando cê voltar, quero ir no teatro contigo. Tem pelo menos duas peças que quero mto ver. E teatro a gente num dorme!!!

Vans: Não consegui ingresso no mês passado, esse mês eu consegui sussa. Fui comprar antecipadamente, para não correr o risco again! hahahahahahahahahahaha!

koster disse...

Nunca que eu aguentaria.

neutron disse...

eu ainda vou lá com você!