quinta-feira, 21 de maio de 2009

Lamento

Eu lamento bastante coisa da minha vida. Isso é chato, né? Parece chato, dizendo assim. Lamento ter machucado, lamento não ter resistido, lamento ter dito, lamento ter calado. Sinto-me mal por ter contado, por ter mostrado e por não ter procurado, quando o que eu mais queria era encontrar.

Sinto muito mesmo por ter me fechado. Esse talvez seja meu maior lamento. Nesse caso, lamento por mim.

Lamentar não quer dizer que eu me arrependa. Às vezes penso que sim, mas penso também que, se me fosse dada a chance de voltar atrás, eu não faria diferente. Não porque eu sou uma pessoa ruim e maldosa. Pelo contrário, quando eu digo que lamento, estou sendo sincera, lamento mesmo.

Quando penso nas minhas lamentações, penso se há algo que eu possa fazer para reverter a situação. Algumas até dá, mas e a coragem? Coragem de assumir meus erros e dizer que, agora que sou um pouco mais, mas bem pouco mesmo, amadurecida, eu vi que poderia ter sido feito tudo de forma diferente. Complicado demais, né? Eu sei. Eu sou complicada demais.

Eu lamento pela minha solidão. Essa é a que eu mais lamento. Porque é das lamentações que eu tenho mais pensado ultimamente. Sinto-me bem com meus amigos, com meu trabalho [bom... com PARTE do meu trabalho], com minha família.

Mas falta... como sempre, falta.

Existe, mas falta. Paradoxalmente amor. Como sempre.

[e eu que achei que havia encontrado a solução, apenas criei mais um problema]

... quisera desse jeito lembrar de outros tempos
só pra matar um pouco a saudade
mesmo assim, querendo que você não ouça
meu grito aqui de longe
minha dor, meu lamento...

Céu - Mais um Lamento

[e tudo que eu ouço, que eu faço, que eu penso, que eu escrevo, que eu vivo, que eu respiro... não faz mais o menor sentido]

3 comentários:

i ILÓGICO disse...

anita...

"coragem de assumir meus erros e dizer que, agora que sou um pouco mais, mas bem pouco mesmo, amadurecida, eu vi que poderia ter sido feito tudo de forma diferente. Complicado demais, né? Eu sei. Eu sou complicada demais."

mesmo mais tarde, isto será assim. porém a dor será quase nenhuma.


bjos

Andarilho disse...

"[e tudo que eu ouço, que eu faço, que eu penso, que eu escrevo, que eu vivo, que eu respiro... não faz mais o menor sentido]"

Join the club.

Gerundino disse...

Livro das lamentações da Biblia Ana P. Ano IX.

OK, eu dormi com o bozo hoje.

Achei legal o que você falou sobre lamentar não quer dizer se arrepender, anotei no caderno aqui pra lembrar. Vendo dessa formar.. nunca me arrependi de nada, mas vejo várias coisas para lamentar. E vida não ter mais sentido... alguma vez ela já teve?