quinta-feira, 21 de maio de 2009

Old

Eu li um monte de blogs ultimamente com o tema "velhos". Pra todos os gostos, reclamando dos velhos, de quando a pessoa ficar velha, falando bem dos velhos, enfim. Velhos. Pensando nisso, chego à minha humilde conclusão: eu morro de medo de ficar velha.

O que é engraçado, já que ficar velho é a única coisa que acontece diariamente na nossa vida. Cada dia vamos ficando mais e mais velhos. Claro que as mudanças drásticas só serão percebidas com o passar de MUITO tempo, mas cada dia é um aprendizado, e cada aprendizado uma experiência, e quanto mais experiência mais velho e blá blé blí. Não acho que ser velho seja chato. Pelo contrário, pra algumas pessoas pode ser chato porque é a continuação de uma vida chata.

Se for pensar assim, eu vou ser uma velha chata.

Mas sabe? O medo nem é de me tornar uma velha chata apenas. Isso acho que já me conformei. Mas ir assistindo às grandes transformações físicas e psicológicas e [acredito que] não poder fazer nada contra isso. Contra o tempo a gente nem pode lutar, né. Ele passa independente da sua alegria ou tristeza. Ver esse rosto que parece o mesmo de dez anos atrás, ir ganhando uma ruga aqui, outra ali. Olhar para o meu passado e ver o tanto de coisas pelas quais passei, e olha que nem passei por tanta coisa marcante assim.

Imaginar-me uma velha casada, com filhos e netos, ou solitária, frequentando os bailes da terceira idade, tentando achar um sentido na vida? Imaginar se ao menos eu vou chegar a ser uma velha, ou não vou passar de uma adulta pré-terceira idade? Será que eu vou um dia ter um cachorrinho como eu sempre quis? Será que eu vou mesmo tomar um copo de whisky todas as noites, mesmo depois que a idade e a cirrose avançarem?

Será que eu vou ter netos pirralhentos pulando no sofá da minha casa? Será que eu vou simplesmente sentar na praça e ver os dias passar?

Vou sentar no trono do meu apartamento, com a boca escancarada, cheia de dentes e esperando a morte chegar? Como vai ser pensar na morte quando eu perceber que estou cada dia mais perto dela?

Esses assuntos surgem, sabe? Não liguem para eles, é só a falta de assunto.

Será que eu vou ser como o meu pai, que acorda duas horas da manhã pra secar a louça? Ou como minha mãe, vou tentar aproveitar a minha aposentadoria para dar aos meus filhos os mimos que não pude dar enquanto eles ainda eram pequenos?

Anyway... não consigo imaginar a minha velhice. Queria [será que eu queria mesmo?] ter o dom de olhar pra frente e ver meu rosto envelhecido, minha mente experiente e minhas ideias amadurecidas. Como seria? Como seria saber tudo o que hoje ainda não sei?

Como eu me sentiria, sendo velha, e sabendo que um dia, eu morri de medo de ser velha?

Como você se sentiria?

[será que eu vou ser uma velha blogueira, ou uma blogueira velha?]

7 comentários:

i ILÓGICO disse...

hoje (ontem à noite), eu fui à casa de um amigo. ele, mais 7 amigos. todos mais velhos que eu. os mais velhos por idade decrescente:
87, 86.... até os 45!!!!
me senti um garoto! todos felizes, sorridentes, quase meninos entre si.
que coisa, né? eles cheios de vida e a gente às vezes cheios dela...
mas isto passa. só a vida é que não.

bju-te!!!

Andarilho disse...

A alternativa a envelhecer é morrer...

Eu morrerei logo depois dos 50. Tenho mais uns 20 anos de pena pra cumprir aqui nesta vida.

Cristal - a louca. disse...

Cara, eu vou ser muito chata! porque eu já sou muito chata com 24 anos, imagina com 50?
Mas chega uma hora que a gente começa a pensar nessas coisas de ficar velha, por exemplo eu notei que minha bunda já teve dias melhores, mas a perspectiva de ficar velha não me assusta, o que me assusta é ser uma velha pobre rs.

Beijundas ^^

Nina disse...

Meo deos.Já sequelei de tanto que li de velhice antes de entrar no 3.0.
Dai entrei na era balzaquiana e sinceramente.
Ainda me sinto com 20 ;x
A velhice ta na cabeça da gente, sem duvida.

Ana P. disse...

iilógico: acredito que eles tb estão cheios da vida. Talvez eles só sejam mais felizes por se saberem perto do fim. Ou não. Tudo é uma incógnita, cada vida humana é uma incógnita.

Andarilho: eu penso mais ou menos da mesma forma, na verdade eu achava que ia morrer com 18, daí passei, agora acho que dos 50 num passo. Mas né, 2012 tá aí.

Cristal: eu vou ser chata, pobre, solitária e vou ter vários gatos. Crianças, tenham medo de mim.

Nina: mas também, 30 ainda num é velha, né! Nem estou perto de aniversário nem nada, nem estou parando pra pensar nessas questões, só que... às vezes eu penso, uai! ^_^

Gerundino disse...

"eu vou ser chata, pobre, solitária e vou ter vários gatos. Crianças, tenham medo de mim."

uhahuauhauhhauhuauha, The Crazy Cat Lady, hahuahuahua.. calma, calma, calma.. deixa eu me recompor pra comentar.

Eu já desisti de pensar sobre ficar velho, porque quando eu começo a "planejar" minha velhice eu me deparo com emprego, dinheiro, casamento, namoro, filhos, mais dinheiro, conhecimento.. Então eu estou seguindo a receita simples do envelhecimento, deixar os dias passarem e uma hora pronto.. estarei velho, o planejamento é o primeiro passo para algo dar errado. Sempre quis ser o velho cheio de netos que aos 80 anos vai estar sentado na cadeira de balanço vendo tv no domingo a noite (A cabeça falante do faustão provavelmente) e recebendo os filhos e netos em casa para comer sopa. Olha ai.. planejando de novo, mas ai eu volto a realidade e vejo que ainda sou jovem e não tenho que me preocupar com isso, mas ai eu vejo meus amigos de 30 anos solteiros.. e me preocupo, eu não quero chegar a 30 para casar, achar alguem e ter filhos.. eu quero estar jovem para levar meu neto para pescar, jogar ele no rio, matar a criança afogada. Ser o avô legal e retardado que todo neto quer ter.. olha a porra do planejamento ai denovo. Caralho chega de comentar ou vou começar a planejar novamente.

Chico Mouse disse...

É, tchutchuca... me sinto assim também. Vc disse "Queria [será que eu queria mesmo?] ter o dom de olhar pra frente e ver meu rosto envelhecido, minha mente experiente e minhas ideias amadurecidas. Como seria? Como seria saber tudo o que hoje ainda não sei?"... Às vezes acho que queria isso também, às vezes não. Mas o certo é que teria muito medo. Tenho medo pra caraleo. :/