terça-feira, 9 de junho de 2009

Seis

Seis meses é metade de um ano.

Em seis meses, um cheque prescreve, quando emitido na mesma praça.

Se você toca um piano todos os dias, ele deve ser afinado a cada seis meses.

Seis meses é o tempo que um palito de fósforo demora para se decompor na natureza.

Na Antártida, tanto o verão quanto o inverno dura seis meses.

Se a gente não exercita aquilo que aprendemos, esquecemos cerca de 90% do aprendizado em seis meses.

Os gatos envelhecem dez anos nos primeiros seis meses de vida.

Sinto que eu envelheci vinte anos nestes seis meses.

São seis meses. Joguem suas cartas.

7 comentários:

Andarilho disse...

6 meses é muito tempo pra quem não quer, e pouco tempo pra quem quer.

Perdido disse...

e você para de jogar "6 meses" no google! Não dá nem pra fazer um filho! Bom, fazer dá, eu por exemplo levo 6 minutos =P

Ana P. disse...

Andarilho: seis meses é muito tempo para quem não tem. Mas não é nada comparado a cinco anos.

Perdido: parei. Sem o Google, esse post pararia na informação do cheque.

Vou é trabalhar, pq trabalhar é preciso, VIVER nem é preciso.

Piero M. disse...

Viver em seis meses é mais do que conseguimos viver em uma vida inteira... se for parar pra contar os momentos bons em minutos, pouco provavel que de mais de 15 dias... mas tenho um As na manga e tudo vai mudar...

Cristal - a louca. disse...

Tem dias... que dias são horas, e horas minutos.
Seis meses são uma vida, ams o que eu fiz nos últimos seis meses???

Beijundas ^^

koster disse...

Tudo isso em 6 meses. E me responda. Quanto tempo demora para você ter outra neura?

Ana P. disse...

Ain, eu lendo agora, percebo que nem deveria ter escrito essa merda.

Piero: eu devo ter por volta de dois meses de coisas bem vividas. Acho que mais até. Minha solidão atual é que não permite ver isso tudo.

Cristal: Tem horas que eu num sei o que dizer nem falar. Tem horas que cansa ficar sozinha.

Koster: Demorou dez minutos. Acho que nem isso, sério!