sábado, 30 de janeiro de 2010

Sugestões?

Tudo começa com uma sugestão.

De repente, numa noite agradável de outono, seu pai virou pra sua mãe e sugeriu. Devido à brisa noturna, devido ao clima de recém-casados, ou talvez ao espermatozoide do seu pai que encontrou o óvulo da sua mãe. O fato é que nove meses depois dessa noite agradável de outono, você nasceu. De uma simples sugestão.

Um dia, o cara que pega o mesmo ônibus que você todos os dias sugere que vocês dividam o banco. Você que lê o jornal no ônibus todos os dias sugere que comentem as notícias do dia. E então vocês sugerem combinar o horário pra se encontrar no ponto, depois surge a sugestão para vocês se encontrarem todos os dias depois do trabalho, ou depois das aulas, whatever. Surgem algumas coisas em comum, e de uma sugestão tola, surge a amizade.

Sua mãe sugere que está na hora de você começar a trabalhar. E então você procura um emprego, e por sugestão de um amigo, acaba numa empresa XYZ que, a princípio, não te oferece grandes coisas. Daí você continua trabalhando porque você é jovem e tem mais é que ganhar alguma coisa, já que nunca trabalhou na vida. Mas aí surge um chefe. Que vê seus esforços, sua inteligência, ou que seja, sua beleza. E sugere que você pode crescer na empresa. É só uma sugestão. Vai de você ou não aceitar, e aceitar as regras do jogo.

Um dia alguém te sugere que o seu cabelo fica melhor penteado pra esquerda e não pra direita, outro alguém sugere te apresentar o fulano ou a ciclana, porque "eu falei de você pra ele(ela) e preciso apresentar vocês dois, são tão parecidos!", ontem alguém sugeriu que você deveria parar de beber, amanhã alguém te sugere que você precisa se divertir mais.

Gente que sugere que você tá gorda, que você tá magra, que você é feio, que você é estranho. Tudo começa com uma sugestão.

Um dia seu organismo vai sugerir que não aguenta mais. E você morre.

Tudo desencadeado por uma série de fatos que começaram com uma simples sugestão.

8 comentários:

Andarilho disse...

Eu sugiro que vc beba menos. Vc anda muito alcoolizada, hahaha.

Ana P. disse...

HAHAHAHAHAHAHA!

Muito pelo contrário, querido Andarilho. Eu PRATICAMENTE parei de beber.

Não sei, acho que tô doente, hauhauhauhauhauhauhauhauhaua!

Gerundino disse...

um dia alguém sugere que as pessoas precisam de alguém e ai você começa a procurar alguém e nunca acha ngm e passa o resto da vida miserável sem ngm... tudo por causa de uma sugestão.

Chico Mouse disse...

WOW! Eu sugiro que você pegue leve já, menina!! o/

Ana disse...

Eu sugiro qie vc junte essa criatividade salpicada de devaneio, e coloque tudinho num livro!
beijo

Tiburciana disse...

Por isso não aceito sugestão alguma elas me deixam doida(mais )
bjos

Carina. disse...

Curti :D

Ana P. disse...

Gerundino: um dia você pode não acatar sugestões. É um fato. Ser miserável é uma sugestão, ser feliz é a outra.

Chico Mouse: grande camarada, eu preciso mto mesmo pegar leve. A bebida é o mal dos relacionamentos humanos.

Ana: eu sugiro que meus professores ACEITEM eu fazer o meu TCC sozinha, daí vocês terão meu livro!

Tiburciana: é aquelas, né? Se conselho e sugestão fosse bom, num seria de graça.

Carina: preciso voltar a te visitar, mas o tempo, tempo, mano velho...